Mensagens populares

quarta-feira, maio 07, 2008

CITAÇÃO DO DIA

"Os governos suspeitam da literatura porque é uma força que lhes escapa".
Émile Zola

Porque a palavra não pode ser aprisionada e ela ainda é uma arma poderosa, na defesa da liberdade dos povos oprimidos, ela passa mensagens de perseverança, de ânimo, de moral e o seu valor é inquestionável como manifestação da vontade dos Homens.

18 comentários:

korrosiva disse...

Desde que a saibam usar com bom senso... as palavras sao como as armas de fogo, na mão errada podem fazer grandes estragos :)

beijinhosssssssssss... sem palavras

maria disse...

A palavra não deve ser aprisionada, mas como dizia o outro, "eles falam, falam e não dizem nada".
Palavras...leva-as o vento.
Palavras...que nunca direi.
Palavras...que nada me dizem.
Palavras...que não se entendem.
Há palavras e palavras...
Beijinhooos,
maria

Ka disse...

Mas olha que há outra força ainda maior...a das ideias!!
Nessa é que não lhe podem tocar mesmo!

Beijinhosssss

Enfim... disse...

eles falam falam mas não lêem nada loooool

beijinhos

paulofski disse...

Sim, quando a litertura não é conveniente, pois claro.

Abraço

Sandra disse...

:))

os governos fazem isso?? suspeitam?? hum

xinhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus pa tu da lua

tronxa disse...

"a cantiga é uma arma, eu nao sabia...
a cantiga é uma arma, de pontaria..."
ja dizia o nosso zeca afonso (acho k era dele ou do jose mario branco...)
as cantigas tb tem letras e no nosso pais antes do 25 de abril, as cantigas tinham letras k eram fortissimas... pena terem-se perdido esse sentido das musicas... hoje com duas estrofes faz-se uma musica de 10 minutos... enfim.

bjnhsssssssssssssss intervencionistas kno!!!

Carla disse...

a força das palavras...oprimi-las é cercear ideias
beijos

Casemiro dos Plásticos disse...

falar é fácil agora faze-lo, custa!
bom fds, abraços.

KNOPPIX disse...

Korrosiva e quem levou já com uma porrada de palavras em cima, sabe bem os estragos que elas provocam (risos)

Beijinhos apalavrados :)

KNOPPIX disse...

maria, as palavras nasceram para ser livres, elas têm "bichos carpinteiros" :p

Beijocas que o vento vai levar até ti ;)

KNOPPIX disse...

Querida Ka, tens razão, só que enquanto uns têm ideias luminosas e conhecem o sucesso, outros limitam-se a ter ideias leguminosas e nunca saem da cepa torta (esta chalaça foi muito à frente, não achas?) :P

Beijinhos ideais (aqueles que são dados de coração) para ti ;)

KNOPPIX disse...

Pois enfim e quando lêem normalmente é "A bola"; a cultura deles resume-se ao jornal desportivo de eleição (risos).

Beijinhos substancialmente reveladores do grande carinho que tenho por ti ;)

KNOPPIX disse...

Paulo, a litertura só se torna inconveniente, a partir de um determinado patamar de poder, que cega quem o possui e faz tudo o que pode para não o perder, a liberdade de expressão para esse tipo de pessoas, faz mais estragos do que as munições das armas.

Abração e boa 6ª feira ;)

KNOPPIX disse...

Sandrar tu não me digas que não sabias isso! Mas em que país vives? No país da Alice (país das maravilhas)???

Beijocas sem dúvidas metódicas para ti ;)

KNOPPIX disse...

Grande tronxa, tens toda a razão, as canções de intervenção, que existiam antes do 25 de abril, perderam o seu lugar e a atenção e interesse de quem tinha o dever de preservar esse legado da nossa cultura, que no seu tempo, eram armas políticas poderosíssimas.

Beijinhos reaccionários para ti :P

KNOPPIX disse...

Carla, mas ninguém consegue aprisionar mentes inquietas:)

Beijos de liberdade para ti :)

KNOPPIX disse...

Casemiro e custa mais ainda se tiveres a garganta seca pá (risos)

Um grande abraço e boa 6ª feira.