Mensagens populares

terça-feira, abril 08, 2008

CITAÇÃO DO DIA

"Há pequenas impressões finas como um cabelo e que, uma vez desfeitas na nossa mente, não sabemos aonde elas nos podem levar. Hibernam, por assim dizer, nalgum circuito da memória e um dia saltam para fora, como se acabassem de ser recebidos. Só que, por efeito desse período de gestação profunda, alimentada ao calor do sangue e das aquisições da experiência temperada de cálcio e de ferro e de nitratos, elas aparecem já no estado adulto e prontas a procriar. Porque as memórias procriam como se fossem pessoas vivas."

Agustina Bessa-Luís, in 'Antes do Degelo'


E quem não tem dentro de si memórias que fazem parte de nós, umbilicamente ligadas à nossa própria vida e que não queremos esquecer?

18 comentários:

Ka disse...

Bom diiiiiiiiiiiaaaaaaaa :)

Sem dúvida!!! E olha eu tenho uma data delas :)))))

É por isso qe acredito que devemos viver intensamente cada momento, para que as recordações fiquem, e de preferência bem vivas em nós (falo das boas obviamente pois as más só se fôr para sabermos o que não deveremos repetir :P )

Beijos ensolarados e uma aragem de maresia :)

Um excelente dia para ti!

ps - Acho que hoje voltei a ser a primeira (a concorrência agoraanda renhida...heheh)!!!

maria disse...

Bolas, hoje sou a segunda...a Ka é muito rápida...vou passar a vir aqui antes de tu escreveres o novo post...eheh.
E já que falo na Ka, concordo com o que ela diz, até as más devemos recordar para não as repetir...as boas são sempre uma recordação agradável e muitas vezes tenho vontade de as viver de novo...
Há um ditado que diz "Recordar é viver"
Beijokas,
maria

_ba_ disse...

Agora isto virou um concurso? E temos prémio ou nem por isso?
A seguir deve começar a pôr aqui excertos da Sibila lol
Recordar é viver bolacha? Isso é quando nós formos mais "experientes" agora ainda somos muito novos para viver só de recordações :-)
Agora é viver para a frente para depois podermos dizer que temos memórias ou recordações...nem que seja para contar ao teu "mendoins".
(P.S.: se o prémio forem beijos eu dispenso ok?)

Enfim... disse...

eu tenho e como dizes todos temos, umas que não queremos esquecer outras que queriamos esquecer e não somos capazes, á tanta coisa que gostava de deitar para tras das costas e não consigo lol

Beijinhos

o mundo da lua disse...

tens razão _ba_, não devemos viver das recordações kuando ainda somos tão novos... Mas e se só tivermos recordações, por mto boas ou más que tenhamos de uma pessoa? E sim,recordar e viver...
A vida por vezes pode ser muito ingrata...

beijinhosssssssssssssssssssss kno...

korrosiva disse...

Recordar é bom sim!!
é sinal que ainda não temos Alzheimer...Ufffffffffffffffffff...

;) já não levas mais beijinhos que já te beijei no meu blog! :P

DANTE disse...

'E recordar é viver...'
Bolas pah!
Esta porra tá-me a deixar lamechas.
lol.

Braxolas Knopp

Kok disse...

As memórias são assim uma espécie de prateleiras cheias de papeis que guardamos sem sabermos se alguma vez vão servir para alguma coisa!
Que sirvam e nos façam felizes!

Para que te fique na memória, akele abraço, pah!

KNOPPIX disse...

Só hoje (4ª feira) me é possivel responder aos comentários, ontem foi um dia "daqueles"...

Querida Ka, as recordações, boas ou más, constituem o nosso passado, sinais da nossa passagem pela Terra e se no final as boas forem superiores às más, então a nossa vida valeu a pena.

As más, são sempre marcos negativos, é certo, mas podem ser úteis se delas tirarmos lições de vida, se aprendermos com elas, quanto mais não seja, a sermos mais fortes, a não cometermos erros, a estarmos preparados para outras do mesmo género que futuro nos reserve.

As boas, essas são algo que nos dá força, sorrisos no rosto, um grande sentimento de saudade por esses momentos que de uma forma tão indelével nos marcaram.

Beijocas atrasadas para ti um ramo de flores, sem algumas pétalas, mas por causa deste forte vento que não nos deixa ;)

E como foste a 1ª, tens direito a um Poema, espero que gostes:

O MAR

Ondas que descansam no seu gesto nupcial
abrem-se caem
amorosamente sobre os próprios lábios
e a areia
ancas verdes violetas na violência viva
rumor do ilimite na gravidez da água
sussurros gritos minerais inércia magnífica
volúpia de agonia movimentos de amor
morte em cada onda sublevação inaugural
abre-se o corpo que ama na consciência nua
e o corpo é o instante nunca mais e sempre
ó seios e nuvens que na areia se despenham
ó vento anterior ao vento ó cabeças espumosas
ó silêncio sobre o estrépito de amorosas explosões
ó eternidade do mar ensimesmado unânime
em amor e desamor de anónimos amplexos
múltiplo e uno nas suas baixelas cintilantes
ó mar ó presença ondulada do infinito
ó retorno incessante da paixão frigidíssima
ó violenta indolência sempre longínqua sempre ausente
ó catedral profunda que desmoronando-se permanece!


António Ramos Rosa
Facilidade do Ar
Lisboa, Caminho, 1990

KNOPPIX disse...

Maria, tens de por o despertador a tocar mais cedo, para chegares antes da Ka :P

Recordar é viver inúmeras vezes, concordo contigo, porque se algo nos marca e foi bom, esse "algo" não o queremos perder e faz bem ao nosso amor próprio revisitar esses momentos.

No que se refere às más memórias, o que disse à Ka também te digo a ti, todos temos de passar pelo melhor mas também pelo pior,a vida é assim, uma sucessão de coisas boas e más, mas que as boas sejam sempre superiores às más, para que a vida tenha um sentido, que é termos sido felizes e feito da vida algo que teve significado.

Beijinhos e flores para ti :))))

KNOPPIX disse...

_ba_, _ba_ isto não é um concurso a ver quem comenta 1º, apenas pessoas que gostam de passar por este Blog e deixar a sua opinião, que para mim tem muito valor, mesmo a tua :P

_ba_ qundo fores a 1ª a postar vou pensar no teu caso, mas do prémio do ósculo não vais escapar, dizes que não queres mas confessa, no fundo, no fundo, é aquilo que mais anseias :P

Beijocas sopradas pelo vento para ti ;)

KNOPPIX disse...

Enfim é isso mesmo, mas infelizmente temos de viver com as más (buaaaaaaaaaaaaaa) e com as boas (weeeeeeeeeeeeeeeeeeee) recordações :)

Beijinhos doces que sejam no futuro, uma boa recordação desta tua passagem pelo meu "cantinho" ;)

KNOPPIX disse...

Lua,a _ba_ nova? Nem no espírito, lolololol, essa deixou de contar os aniversários faz tempo, não acha que a idade seja um estatuto mas uma chatice, se leres comentários anteriores, a _ba_ está em estágo para dondoca assumida :P

Beijinhos para ti (muitos) ;)

KNOPPIX disse...

Korr, és uma sumítica nos beijos, beijar não paga imposto, bolas!!!!

Dá lá um beijinho, dá :P

E não digam mais que recordar é viver que isso lembra-me o Vitor Espadinha (náuseas)

Beijinhos Korrosiva, eu dou sempre que posso, não os poupo :P

KNOPPIX disse...

Dante, tu és lamechas pá lol

Abração

KNOPPIX disse...

Kok, as memórias se existem é para nos recordarem factos que vivemos e que nos marcaram , pelo melhor ou pelo pior, pelo menos, servem para isso e já não é mau :P

O abraço ficou na memória, obrigado, outro para ti ;)

adam brown disse...

Hi again, see tthis is the site i told you i signed up to. It has some nice information about how to make money using OPP, i think you might find it interesting. here it is. bye!

Cândida disse...

então, mil beijinhosssssssssssssss pa ti na ponta do nariz :)
sou uma chata do caraxas!